quinta-feira, 6 de outubro de 2011

#7

Há que admitir, não temos grande poder sobre o amor, não escolhemos por quem nos apaixonamos, e tão pouco escolhemos quando basta de amar uma pessoa. Este assunto penso que seja o assunto que mais enche blogs pelo mundo.
Existem 3 tipos de textos de amor:

1º "O antes": estes demonstram o quão mau é não poder estar com quem amamos.
2º "O durante": estes descrevem a felicidade que se vive numa relação.
3º "O depois": aqueles que mostram o fim, que mostram o quão arrogante, falso, raivoso e  rancoroso se fica no fim.
Já me inseri em todos. Agora nem sei onde estou. Penso que já devia ter aprendido que se não se falar não se chega a lado nenhum.
São atitudes estranhas, palavras parvas, momentos de constrangimento que me fazem repensar naquilo que sinto. O pior é que parece que me estou a esquecer do lado mau. Eu não posso (nem vou) voltar ao mesmo. Nem digo com este, sim porque este apesar de tudo estar a voltar a ser como dantes (assim me parece e também a outros) existem outros momentos e outra rapariga que me dizem o contrário.
TIREM-ME DESTE FILME!

6 comentários:

claudiagomes. disse...

o amor é tão vasto e acho que é esse o problema.. porque cada pessoa é uma pessoa. Cada história uma história.
Não precisas de explicar, minha linda. Sê livre e feliz!

Christian V. Louis disse...

E como este tal amor enche blogs por todo o mundo, é o que mais se vê.
Parece-me extremamente complexo, se realmente for amor, e não somente uma paixão.
Se for uma paixão, logo passará, algumas paixões são um tanto resistentes ao tempo, porém, não invencíveis como se diz do tal "amor".
Se existe outra pessoa, complica muito mais. Seria muito fácil te dizer para desistir, esquecer, mas isto não se faz. Só quem vive algo semelhante é que sabe o que se passa na cabeça e, no coração. Força, é tudo o que posso te dizer agora.

claudiagomes. disse...

Acredito que essa expressão leva muito tempo a ser tomada pois para o Ser Humano é mais fácil citar do que agir. Mas também acredito que quando esquecer esquecido está.

LUNA Karenine disse...

Ainda vais perder a aposta :)
De qualquer forma, deves tentar pensar se os momentos bons compensaram os maus :)

Juliana Dee disse...

Sua linda, muito obrigada pelo carinho. Impossível não se identificar. Sabe, pelo visto nossos textos conversam entre si, porque o meu último fala bastante disso. O antes e o depois, e o quanto ele pode fazer diferenças em nossas vidas.
Valeu muito a pena ler, escreves muito bem
Volte sempre, BEIJOS

claudiagomes. disse...

acredita que é!