quarta-feira, 23 de novembro de 2011

#42

Não tenho vontade de viver. As pessoas são injustas. Os professores têm sempre razão. A minha irmã é 100000000000000000000000000000000000x melhor que eu. A minha mãe pergunta-me se sou humana ou um animal por me comportar desta maneira. Metem-me entre a espada e a parede. Ou mudo de escola ou vou trabalhar, para quem não sabe tenho 16 anos, estou na altura de cometer alguns erros, mas como não tinha cometido nenhum (significativo) até agora, e está-me a acontecer tudo ao mesmo tempo, agora olha estou tão lixada que não me quero levantar da cama, quero morrer. Acho que toda a gente já sentiu que o mundo estaria melhor se eu não tivesse nascido, olha desde há uns tempos para cá é só isto que sinto. Quero morrer fdc. Matem-me logo de uma vez.
Merda de vida.

7 comentários:

Daniela disse...

Isso vai ser apenas uma fase da tua vida, que vai passar! Um dia vais olhar para trás e já não vais querer morrer! És nova e tens uma vida pela frente ! Força!

claudiagomes. disse...

Oh, se quiseres eu arranjo-te.. mas é em PDF.

Daniela disse...

Tens que ter força, parece que agora vai tudo desabar em cima de ti, mas não é o fim! E tu vais superar :D

Rapariga de Mochila disse...

Olha vou-te mencionar uma coisa que me disseram quando eu me quis suicidar: "Se te queres suicidar, porque é que não cortas já os pulsos, em vez de estares a falar comigo?"

É verdade. Quando pensamos "Quero morrer", esquecemo-nos do verdadeiro acto de morrer, da solidão escura que se abate sobre nós.
Mas ela existe. E é bem melhor viver, errar e discutir do que desistir. Não podemos desistir. Não podes desistir. Depois da tempestade, virá a bonança =)

Francisca. disse...

sinto-me como tu..

claudiagomes. disse...

dá-me o teu mail :))
ora essa!

Suzi disse...

As palavras da Rapariga de Mochila com certeza são melhores do que as minhas. Então, só endosso o que ela disse:

Eu acho que você não quer morrer de verdade. Você quer sumir! E o que eu posso te dizer é que esse tipo de sensação passa. O que deves fazer é resistir a tudo isso!