sexta-feira, 3 de agosto de 2012

#207

não tenho vontade de viver. tenho tanta gente á minha volta, mas sinto-me tão sozinha. preciso de sair daqui, preciso de estar sozinha e chorar, sem que ninguém veja, prefiro não dar explicações.
tenho alguém do meu lado, mas não sei se ele está mesmo lá. as minhas mãos tremem ao escrever, dói-me e corpo e dói-me a alma. a história é sempre a mesma: tenho tanto para dizer, mas quando posso as minhas palavras falham-me, como nunca me tinham falhado antes. a vida é madrasta, ainda mais com quem não merece.
por muito que consiga manter um sorriso na cara, raramente há-de ser verdadeiro. eu fico feliz com pequenas coisas da vida, mas de um momento para o outro, esse meu lado morre e deixa lugar para uma tristeza e uma confusão enorme. eu estou tão confusa, tão deslocada, tão... triste.
eu quero desaparecer... e nem sei bem como.

12 comentários:

Anónimo disse...

Dá uma oportunidade a esse alguém e deixa-te ir sem medos. Certamente que se preocupa contigo, que te quer bem e que, principalmente, não te irá magoar.
E sabes, identifico-me bastante com este texto.

Sabrina disse...

:/
Talvez devas seguir os teus próprios conselhos..

Anónimo disse...

Até seguiria este conselho, mas a 'minha situação' não é tão igual quanto à tua. No meu caso não tenho nenhum 'alguém' do meu lado.
Quanto a ti, experimenta que não tens nada a perder e talvez esse alguém te surpreenda pela positiva, claro.
Principalmente, sê feliz.

Sabrina disse...

eu também não sei se tenho, como já disse, estou confusa..

Anónimo disse...

Eu percebo, e nestas alturas também é normal estar.
Costumas falar com esse alguém? Sentes-te bem a fazê-lo?

Sabrina disse...

sim, nem por isso...

Anónimo disse...

o nem por isso é a segunda resposta? :s

Anónimo disse...

De qualquer forma, com o tempo desaparecerão essas confusões que neste momento habitam em ti. Qualquer que sejam as tuas decisões pensa também em ti, no que te faz realmente bem, em quem o quer e na tua felicidade.

Sabrina disse...

sim, é a resposta á 2ª pergunta..

andrep. disse...

Como te consigo compreender nesta altura!
Às vezes também sinto a necessidade de sair sozinho para refletir. Acima de tudo refletir e encontrar respostas.
É uma incerteza constante! Eu bem que te podia dizer pra levantares a cabeça e pensares positivo mas agora mais do que nunca sei que não basta as pessoas dizerem isto. Quando não der pra levantar não dá mesmo :)
Somos tão jovens e estamos metidos no labirinto da vida... é triste :s
O pior é quando um dos nossos grandes refúgios nos falha... nomeadamente não nos conseguirmos expressar :s
Olha, se quiseres, havemos de fazer companhia um ao outro nesta longa jornada... faz parte e podes contar comigo (:
Força *

m. disse...

É verdade, a vida é uma cabra. Mas desaparecer não é solução e tu sabes disso. Acho que todos nós sabemos, embora não queiramos encarar a realidade. E olha, sorri. Vá, e fica por aqui.

m. disse...

Eu depois post o texto, acho que ajudará a compreender melhor o que eu disse.