quarta-feira, 5 de outubro de 2011

#5

- Não achas que já é tempo de nos sentarmos e conversarmos?
- Conversar? Sobre?
- Sabes bem, acho que já te dei tempo suficiente para vires falar comigo de livre vontade, não vieste. Agora vá, fala!
- Eu não tenho nada para te dizer.
- Estás então a dizer-me que te afastaste por nada?
- Não quero falar disso.
- F*, não podes adiar mais, sabes, podes até já me ter trocado mas ainda preciso de uma explicação, não achas que mereço? Depois de tudo o que passei por ti, acabei por te perder. Agora quero uma explicação.
- Não tenho nada para te dizer.
(vai embora)
SMS: "Ainda te amo"

Acordei, levantei-me e fui para a escola.